O mundo é um lugar de Humanização

Home  »  Humanidades  »  O mundo é um lugar de Humanização
29 mar 2017 1 Comentário ›› ld@admin

Por Michelle Domingues no Facebook

Acredito que todos os povos, de todos os territórios em todas as épocas foram felizes com os recursos que possuíam, no recorte temporal e no contexto social em que existiram, exceto aqueles que foram escravizados, humilhados, sofreram violência física ou moral, ou tiveram suprimidas as mínimas condições humanas de sobrevivência.E isso é atemporal.

Em qualquer passeio pela história da humanidade, é fácil perceber que toda toda a falência social deriva da ausência de percepção do mundo como um lugar de humanização.

A gente vive repetindo os mesmos erros como seres humanos, e mais ainda quando temos condições de perceber o quanto TUDO o que vivemos é fruto de um desenho excludente.

Batemos cabeça diariamente em orações, mas não são elas dirigidas apenas a “nós” e aos “nossos”? Não as estou invalidando, apenas ponderando seu direcionamento e razão de ser.

Haveria necessidade de rezarmos pela nossa paz e tranquilidade em um mundo onde estivessem todos em paz e tranquilos?

Eu disse TODOS. Porque pára. Pensa… Você teve sorte. Sim, sorte. E a sorte te favoreceu em inúmeras frentes.

Pensa se você tivesse nascido faminto ou no meio de uma guerra, onde houvessem poucas chances de sobreviver.

Eu tô querendo chegar numa linha de raciocínio simples: enquanto não trabalharmos em cima de um modelo humanizado de educação, acolhimento, oportunidades em prol do bem estar social pleno, continuaremos produzindo tecnologias e religiões apenas para salvar nossas peles dos infortúnios da vida, da violência que nós mesmos cultivamos na seletividade do “bom” e do “mau”, do “belo” e do “feio”, do “mérito” e do “demérito”…

Vamos continuar correndo em círculos tentando fugir da cara feia da desigualdade…

Mas, não tô querendo que do dia pra noite a gente entenda que a violência da qual fugimos é fruto da infelicidade de outros seres iguais a nós, nem tô pedindo que ampliemos nossa capacidade de enxergar o outro, estamos há milênios tentando isso sem sucesso… só queria que parássemos pra pensar no quanto caminhamos repetindo o mesmo refrão sem eco…

Porque num mundo em que se tem conhecimento astronômico capaz de descobrir supernovas e conhecimento tecnológico capaz de projetar imagens holográficas em tempo real, é inadmissível que ainda exista fome, miséria, guerra, sede, frio, horror, analfabetismo, medo, escravidão, grades, polícia, armas de fogo, armas químicas, atômicas, biológicas e ideológicas…

Aonde foi que a humanidade esqueceu as lições e onde é que reside a vergonha de cada um de nós diante de tanto conhecimento aplicado pra fazer apenas mais do mesmo?

Sabe aquela paz que a gente procura e não acha, mesmo adorando os Deuses, a Lua, os astros e o “mercado”?

Tá nas entrelinhas daquele bem estar que a gente quer pra quem a gente acha que merece porque levou vida digna…

Estamos errando em looping, galera…

Estamos errando na essência das mazelas humanas, no egoísmo, na falta de visão do todo, na pequenez do nosso já exausto universo paralelo da realidade ficcional parcial acima das densas e consolidadas realidades humanas, absolutamente excludentes, na proporção do medo que cultivamos frente a reações previsíveis da repetição de insatisfações humanamente reais, apesar dos currículos, dos brilhantismos científicos, das inúmeras descobertas sensacionais, que só são úteis quando nos libertam como seres humanos, e não quando nos aprisionam num mundo de meia dúzia de visionários intelectuais…

Algumas coisas vão nos servir ao bolso, mas aquelas que valerão a nossa existência estão em outro patamar…

E nem sei se conseguirei desenvolver tal desprendimento…


Comentários

  1. […] Fonte: O mundo é um lugar de Humanização « Blog da Ligia Deslandes […]

Responder

Você deve logar para comentar.