Vamos explicar de forma bem simples para todo mundo entender.

Mais de 150 empresários daqueles que gostam de sonegar impostos, corromper pessoas, explorar seus trabalhadores, que não querem qualquer tipo de lei que proteja seus empregados de seu arbítrio, que odeiam sindicatos fortes que vão para cima deles para defender os trabalhadores, estão investindo na campanha do Bolsonaro.

Todos sabemos que em 2015 o STF bateu o martelo em relação a doações de empresas para partidos e candidatos, ou seja, é proibido que qualquer empresa beneficie com dinheiro candidatos de qualquer partido.

Mas, esses empresários corruptos e exploradores dos trabalhadores deram dinheiro para várias empresas especializadas em campanha pelas redes sociais, coordenadas por uma empresa internacional que fez a campanha de Trump nos EUA para criar QUARENTA MIL GRUPOS DE WHATSAPP para espalhar mentiras e boatos sobre outros candidatos e influenciar as eleições.

As empresas foram pagas pelos seus serviços e fizeram o combinado. Até agora apurou-se que para cada grupo criado teria sido pago R$ 12 milhões de reais. DOZE MILHÕES DE REAIS  por apenas um grupo. Pensem bem nisso!!! 

Foram mentiras de todo tipo, um plano macabro de montagem de memes, textos e quadrinhos caluniando pessoas com falsidades sórdidas que mostram bem o perfil criminoso dessas pessoas. As peças falsas criadas mostravam absurdos de todo tipo e a sujeira de que são capazes.  Usaram desde pedofilia, prostituição e corrupção e pasmen, até assassinato. Montaram documentos falsos, usaram identidades roubadas, enfim, todo tipo de esquema criminoso. 

Além disso, esses empresários coagiam seus empregados a votar no candidato deles usando chantagem, dizendo que se não fizessem isso seriam demitidos em massa.

Para piorar ainda mais, se vangloriavam disso em vários vídeos que foram expostos nas redes sociais.

Isso é crime eleitoral!! Isso é estelionato!!! Isso é roubo!!! Isso é corrupção!!!

Há provas robustas por todos os lados. Não há como alguém do judiciário em sã consciência arrumar um “jeitinho” para que esses crimes não sejam punidos com todo o rigor da lei.

Também não posso pensar que com tudo isso nosso judiciário será omisso e não punirá os candidatos que participaram desse esquema, os empresários que o contrataram e todos os envolvidos. Por mais que o judiciário brasileiro tenha colaborado até agora com omissões, injustiças e arbitrariedades contra alguns e favorecimento de outros, se não agirem nesse caso ficarão totalmente desmoralizados perante o mundo todo. Além de ser um crime contra o país e contra todo o povo brasileiro o esquema mostrou as entranhas de bandidos internacionais que são pagos para caluniar e difamar pessoas em solo brasileiro. 

Isso além de todos os crimes de ódio e assassinatos que nos últimos dias vem ocorrendo em vários estados brasileiros sendo patrocinados por milícias e bandidos que se escoram na violência estimulada pelo candidato Bolsonaro há tempos. Muitos desses crimes vem mostrando também a influência externa e o papel desempenhado por grupos de extermínio nazistas que se concentraram em algumas regiões do país.

Se o Judiciário brasileiro nada fizer jogará o país na barbárie. E acham que a barbárie não os atingirá? Não serão perdoados e muito menos poupados. A história vem nos mostrando isso.

O momento é grave! Não é mais possível fechar os olhos ou deixar prá lá… Se puxarem o fio da meada poderemos descobrir muito mais. Desde quando essa gente age? Foi só agora nas eleições? Qual o papel deles diante de tudo que vivemos nos últimos anos?

Chega de manipulações!!! Queremos apuracão séria!!!