Por Evaristo Guimarães, psicanalista, no site URBS MAGNA

Difícil saber com exatidão quem arquitetou todo esse ódio ao PT e ao Lula. Mas, quem o fez, soube fazer muito bem. Qualquer coisa – por pior que seja, está valendo, com a condição de que não seja o PT ou o Lula. É assustador tudo isso que está acontecendo, no Brasil, neste momento.

Quase todo o ministério do Bolsonaro está envolvido em algum escândalo de corrupção. Mas, se for para impedir a volta do PT e do Lula, então, está valendo. A ministra é a do veneno nos alimentos. Mas, está valendo. Com a condição de que não seja ninguém do PT e nem o Lula.

Pode filmar e perseguir professores. Mas, se for para não deixar o PT e o Lula voltar ao poder, então, está valendo. Pode tudo. Com a condição de que não seja o PT e o Lula.

O ministro disse que o golpe de 1964 era para ser comemorado. Ótimo! Está valendo. Só não pode o PT e o Lula de novo. Se for para execrar o PT e o Lula da política, está valendo acabar com nossos direitos previdenciários, trabalhistas e com o nosso décimo terceiro.

O suposto filósofo e guru do Bolsonaro disse que Chico Buarque é um compositorzinho de meia tigela. Mas, como o Chico defendeu o PT e o Lula, então está valendo.

Ele disse,também, que não acredita que a terra gire e que o sol seja o centro do universo. É o cúmulo da ignorância mas, como é para execrar o PT e o Lula da política, então, tudo o que ele disser faz todo sentido.

O filho do Vice-Presidente foi indicado para um cargo público com um salário de quase 37 mil. Se fosse algum filiado do PT ou um dos filhos de Lula, o mundo acabaria. Mas, como não é, então, está valendo.

O ministro Onyx Lorenzoni usou por dez anos notas frias feitas por amigo filiado ao mesmo partido para receber 317 mil reais da câmara. Ok. No entanto, só seria corrupção se fosse o PT ou Lula que estivessem no Poder. Não sendo, então, pode.

O Presidente nomeou para o seu gabinete, com salários de 13 mil reais, dois administradores da páginas do facebook que o apoiaram durante toda a sua campanha. Como não é o PT ou o Lula, então, está valendo.

O Governo de Bolsonaro estuda excluir cálculo de doença do cálculo para aposentadoria. O trabalhador será punido por ficar doente. Tudo bem. Isto não é um problema, desde que impeça a volta de qualquer governo do PT ou do Lula. 

O Ministro-chefe da Secretaria de Governo quer ver os militares fora da reforma da Previdência. Este Governo foi eleito para combater os privilégios. No entanto, ele pode fazer o que quiser, uma vez que ele esteja banindo o PT e o Lula do poder.

Pela troca que está sendo feita, é de desesperar tanta insanidade. No meu entendimento, nenhum ódio pode ser maior que a condescendência que está sendo dada para este governo. É muita pataquada.

As pessoas estão cegas de ódio ou estão de rabo preso com tudo o que vem acontecendo. Por tudo isso, estão passando um cheque em branco para um governo que já nasceu mergulhado na corrupção. Por este cheque, podemos pagar um preço nunca antes visto na história desse país”.

E ainda faltou falar muita coisa: só pra lembrar de algumas; MST invadir terra improdutivo de rico pra produzir comida é crime; rico invadir terra de índio pra matar roubar e destruir o meio ambiente é “progresso”; autorizar rico a ter 4 armas em casa é combater a violência não é favorecer fabricantes de armas que financiaram campanhas.

Paro por aqui. Tô enjoado.