E se fossem os russos?

Mauro Santayana no seu blog numa postagem de 25 de fevereiro mostra a realidade do que está acontecendo com muitos jovens brasileiros e desvenda muita coisa que está passando desapercebida e acontecendo debaixo dos nossos olhos. O colonialismo e o imperialismo estão vivos e continuam fazendo das suas… Não me admira a quantidade de jovens alienados que tem sido cooptados pela extrema direita no país. Vejam o que ele diz. O advogado e blogueiro Pettersen Filho reproduz, em seu blog, anúncio da embaixada dos EUA, recrutando jovens “líderes” brasileiros, como “bolsistas”, com a seguinte mensagem: “O Departamento de Estado dos EUA, por meio do Atlas Corps – uma rede internacional de líderes sem fins lucrativos, tem o prazer de anunciar oportunidades para líderes emergentes da sociedade civil para obter bolsas de estudos de 6 a 18 meses nos Estados Unidos. Interessados em se candidatar devem ter de 2 a 10 anos de experiência trabalhando em alguma ONG, nível universitário, até 35 anos de idade e fluência na língua inglesa… Os bolsistas selecionados serão inseridos em uma organização renomada na área social nos Estados Unidos. Despesas com passagem aérea, visto de entrada nos EUA, seguro saúde, alimentação, transporte local e acomodação partilhada serão totalmente custeadas. Informações sobre o programa e como se candidatar estão disponíveis no site: http://apply.atlascorps.org.” Não bastando trazer ONGs de fora, ou criar, aqui mesmo, organizações que se infiltram...

Leia mais