Dia: 4 de fevereiro de 2017

Lula e Marisa, um exemplo que arrasta multidões…

Dia 2 de fevereiro as 4 horas da manhã acordei com a preocupação pelo estado de saúde de D. Marisa Letícia e quando soube de sua piora na madrugada chorei. Adivinhava o que viria… Meu coração em alerta conseguiu sentir naquele momento a dor que ela sentiu com tantos fatos grotescos que lhe aconteceram nos últimos tempos… Tantas mentiras, tanta calúnia, tanta perseguição… Agradeci ter tantas assembleias para fazer com trabalhadores da BR e de outras distribuidoras de combustíveis e lubrificantes. Foram nove assembleias durante o dia. Nove vezes em que me concentrei em conscientizar e lembrar a esses trabalhadores os momentos difíceis que vivemos no Brasil. A última assembleia acabou as 16 h e cansada, pensei de novo em D. Marisa, em sua família e em Lula e o fantástico trabalho que ele realizou pelo Brasil e pelo povo sofrido de nosso país e no quanto tem sido perseguido pelo que fez, por ter mostrado ao mundo que o Brasil podia dar certo. Lágrimas teimaram em cair de novo de meus olhos. Injustiça e ingratidão são posturas que mexem com meus sentimentos de forma descomunal. Ao chegar em casa tentei dormir e pensei nos meus filhos e nos meus netos. Minha filha estava com problemas e me telefonou e nos falamos. Me senti triste por estar longe dela naquele dia. No dia seguinte acordei de novo as 4...

Leia mais

Médicos: Antiéticos ou criminosos?

Por Leandro Scala no Facebook Estou estarrecido com as notícias sobre os vazamentos e troca ilegal de informações de médicos sobre o prontuário de Marisa Letícia. Reparem, não se trata apenas de uma questão ética. Há, claramente, uma variável criminal nessa história. Há pelo menos quatro médicos envolvidos nessa lama de imoralidade e antiprofissionalismo. Uma delas , Gabriela Munhoz, acabou demitida por ter vazado dados do diagnóstico de Marisa Letícia para um grupo de Whatsapp , assim que a esposa de Lula foi levada ao Sírio Libanês. Outros dois médicos , Pedro Paulo de Souza Filho e Ademar Poltronieri Filho, integrantes de grupos virtuais de internet, são apontados como disseminadores das informações sigilosas relativas a Marisa Letícia. Mas a personagem emblemática da grave crise moral da medicina brasileira se chama Richam Faissal Ellakkis, neurocirurgião de uma unidade da Unimed em São Roque, no interior de São Paulo, e de alguns hospitais da capital paulista. Richam Faissal Ellakkis, ao saber da entrada de Marisa Letícia no Sírio Libanês, simplesmente orientou seus colegas de jaleco como deveriam matar a ex-primeira-dama. Ao contrário dos profissionais sérios da medicina, que dedicam a vida ao juramento de cuidar das pessoas e diminuir o sofrimento humano, esses monstros formados, quase sempre, em universidades públicas, passaram a dar a tônica do exercício da medicina, no Brasil. A reação aos médicos cubanos e ao programa Mais Médicos,...

Leia mais

Lições da crise do sindicalismo dos EUA

Por Reginaldo Moraes no Blog De Canhota  Há muitas histórias sobre o sindicalismo norte-americano. Algumas foram até popularizadas em filmes que mostram traços de gangsterismo, penetração da máfia etc. Mesmo quem conhece apenas superficialmente aquele mundo (me incluo neste universo), sabe da tradição “apolítica” dos sindicatos, do controle estrito que os “staffs” de dirigentes “técnicos” mantêm, subordinando a participação e a mobilização dos trabalhadores ao ritual das negociações fechadas com o patronato. Nem tão apolítico é esse sindicalismo. Desde os anos 1930, quando a classe trabalhadora branca foi beneficiada pela legislação de Franklin D. Roosevelt, os sindicatos têm sido...

Leia mais

A Saúde do Rico e a do Pobre

Por Vânia Alvarez no Facebook A doença de Dona Marisa Letícia trouxe à tona que no país, existe médico para rico e para pobre, que a desigualdade tem profundas raízes ideológicas e culturais. Não importa se o Lula foi Presidente da República. Ele é de origem pobre, metalúrgico, trabalhador, semianalfabeto que não merece bom tratamento, mas sim morrer de negligência, no abandono e ter um péssimo atendimento. Não importa se D. Marisa foi 1a dama do Brasil, sempre viveu como pobre e deve morrer como tal, mulher simples de operário, dona de casa e de pouco letramento. O lugar...

Leia mais

Assuntos

Ligia_Deslandes_-_Loja_Virtual_Pic

Ligia_Deslandes_-_Loja_Virtual_Pic

fevereiro 2017
D S T Q Q S S
« jan   mar »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728  

Cadastre-se no nosso Site