Por Michelle Domingues no Facebook

Eu quero chamar vocês a uma reflexão, independentemente do seu posicionamento ser mais à esquerda ou mais à direita.

Nesse segundo turno, em seis municípios do estado Rio de Janeiro, o número de votos em branco, nulos e abstenções superou o número de votos dos candidatos eleitos para prefeito.
Sabemos que a mídia tem tratado de demonizar a política, e ouço muita gente dizer que odeia política, mas esses números merecem uma análise, porque são, no mínimo, preocupantes.

urna

Por que eu digo isso? Não quero polemizar a escolha de cada um, mas em muitos casos vi pessoas dizendo que tais candidatos “não os representava”.

Pois bem, vamos pensar que um político não representa apenas um cidadão, mas sim a coletividade. Então, quando você afirma que os políticos não te representam, você está fazendo uma escolha pessoal baseado em motivações individuais, inconscientemente.

E outro ponto importante nessa análise é que, anulando ou se abstendo de uma decisão, você está delegando a sua escolha a outras pessoas.

E aonde isso vai refletir? Em tudo.

A política ronda a vida de todo cidadão, querendo ou não, gostando ou não. Ela está na gestão dos transportes, na educação, nos tributos que você paga, nas obras públicas do seu bairro, na segurança, nas vacinas da rede pública, nos pedágios, na conta de luz, na distribuição das verbas públicas, nos incentivos à geração de empregos, enfim… Está em tudo o que norteia a sua vida.

Então, minha gente, está na hora de refletir sobre esse vácuo de representatividade com muita maturidade, e principalmente com um alguma estratégia de ação, porque esse protesto silencioso não altera nenhum cenário, apenas mantém o sistema funcionando da mesma maneira, a sua revelia.

Abaixo, os números por município:

– Rio (capital)
Crivella: 1.700.030
Freixo: 1.163.662
Brancos, nulos, abstenções: 2.034.352

– Niteroi
Rodrigo Neves: 130.473
Felipe Peixoto: 92.205
Brancos, nulos, abstenções: 148.280

– Belford Roxo
Waguinho: 117.352
Deodalto: 88.566
Brancos, nulos e abstenções: 122.857

– Duque de Caxias
Washington Reis: 217.800
Dica: 184.230
Brancos, nulos e abstenções: 226.134

– São Gonçalo
José Luis: 221.754
Dejorge: 191.699
Brancos, nulos e abstenções: 272.754

– Petrópolis
Bernardo Rossi: 79.296
Rubens Bontempo: 71.320
Brancos, nulos e abstenções: 94.032

Tem alguma coisa muito errada na condução do pensamento social. Esse é o reflexo da demonização da política, apenas no estado do Rio de Janeiro. Em seis municípios os candidatos vencedores perderam para as abstenções, brancos e nulos.