Deu na Folha de hoje que Lula não perde força nem com condenações nem com toda a saraivada de enredos sensacionalistas que bombardearam sobre ele durante todo esse tempo. E aí vejo os nossos traçarem plano B ou dizerem que votariam em quem Lula indicar. 

Ou seja… Sabem que se Lula for impedido é porque tiraram do povo o direito de ter a presidente que elegeram e vão tirar de nós o direito de escolher o presidente que queremos.

Estas são as pessoas que tremem de medo de uma ditadura no Brasil. Se isto não é ditadura, se o cerceamento do direito não é ditadura, se venderem todo o patrimônio nacional a revelia do projeto nacionalista que elegemos nas urnas não é ditadura, se um porão de torturas em Curitiba não é ditadura, se os nossos presos em manifestações não é ditadura…. O que é ditadura? Um filme ou um álbum de fotos em momentos selecionados?

E mais… Vivi para ver um “suposto” jornalista e amigo de Dirceu fazer louvações por ele estar pronto para ir morrer na cadeia e isso não é ditadura. E esse mesmo jornalista teve a pachorra de me chamar de “doida”, “louca” porque aceito SIM, qualquer plano para nos livrar desta ditadura. 

A coisa é tão insana que as pessoas votariam, caso Lula vencido por uma ditadura, indicasse nome de gente que assiste a tudo isso parado. Votariam em Haddad que sumiu do mapa, votariam em Lindbergh da esquerda festiva… Como se votar em quem eles permitirem que tenha o nome na lista, no lugar de Lula, não fosse ditadura. 

E se Lula indicasse outra vez o nome de Dilma, que não cumpriu o segundo mandato e não teve os direitos políticos cassados? Esta esquerda que despacha os que chamam de amigos para a cadeia aceitaria a indicação de Lula e votaria em Dilma??????

Parece que os primeiros a não ter a menor noção do que é democracia e ditadura são os da esquerda. 

Não percebem que durante a ditadura as pessoas não passavam 24 horas do dia vendo gente sendo presa nas praças, que os revolucionários precisaram sequestrar um embaixador para que fosse lido na TV um manifesto dos revolucionários que CONTAVA PARA O POVO que o Brasil estava vivendo sob uma ditadura e que tinha resistência. Porque a resistência não saía nos jornais, tal e qual a resistência que Dilma e Lula tentam fazer denunciando que houve um golpe para ver se as pessoas entendem que estamos numa ditadura. 

TEMOS SIM QUE FALAR MAIS SOBRE ISSO. 

E os “sóbrios e equilibrados” que não enxergam a ditadura a que estamos submetidos e aguardam ansiosos pelas urnas… Podem pegar papel e caneta para inventar os nomes e as chacotas que pretendem lançar contra nós que enxergamos, denunciamos a ditadura e tentamos mostrar que isso de dizer que ditadura é profissão militar é obscurantismo fruto de uma doutrinação da mídia que capitaneou o golpe sobre toda a América do Sul. 
A castração da liberdade de expressão e de debate político não vem só pela mídia, vem pelos seus filhotes doutrinados que se dizem militantes mas agem como ditadores tentando intimidar quem quer quebrar o silêncio e mostrar essa absurda teia que lançaram sobre a esquerda. 

NÃO TEM PLANO B. Lula, Dilma e Dirceu mostram que para uns é INDEPENDÊNCIA OU MORTE. Não se apeguem às palavras que Lula precisa expressar para não ser colocado na posição de ditador. Se Lula indicar alguém, é porque perdemos a luta, a dignidade e nos submetemos passivamente à ditadura.

Por Míriam Morais no Facebook