Tenho ouvido algumas vozes dissonantes na esquerda preocupados de que agora ninguém faz mais nada, de que toda luta se resume à soltura de Lula e que isso está deixando os golpistas livres para fazer o que quiserem na Câmara e no Senado. 

Tenho também ouvido muitos trabalhadores e trabalhadoras questionarem que cada vez mais suas condições de vida tem piorado e que não sabem o que fazer para dar de comer aos seus filhos diante da investida violenta dos empresários em reverter para seus lucros, o que conseguem diminuir em benefícios e salários. 

Por outro lado, ainda ouço trabalhadores e trabalhadoras dizendo que não houve golpe nenhum e que tudo não passa de uma grande historinha contada pelos “corruptos do PT” para enganar o povo. 

Foi por isso que resolvi fazer esse texto de hoje. Porque estamos no devir da história do Brasil. Não temos mais tempo para discutir o que passou e precisamos transformar de vez o Brasil violento e conservador que ainda temos. Toda a luta passa por isso. E nada mais representativo do que o 1º de Maio para marcar simbolicamente o que queremos.

Hoje, por razões econômicas e familiares não pude ir para Curitiba. Mas, meu coração está lá com todos os trabalhadores e trabalhadoras que conseguiram lá estar, transformando a Curitiba que hoje é símbolo da injustiça, da mediocridade, da fraude, do suborno, da venda de nossas riquezas numa Curitiba da diversidade, de luta e de democracia. 

E para esses que não estão conseguindo entender por que lutamos por Lula e por que Lula livre é de importância crucial para todos nós, quero dizer que mais do que a questão objetiva de termos Lula livre, estamos lutando pelas ideias, pelo simbólico, pela narrativa. 

Lula representa o trabalhador pobre que enfrentou toda sorte de diversidades, venceu tudo e todos e se tornou a maior liderança desse país. Enganam-se aqueles que acham que eles querem destruir Lula. O que na verdade querem destruir é a símbolo que Lula trouxe para todos nós. O sonho dos trabalhadores e trabalhadoras brasileiros de construir um país soberano, justo, digno e solidário.

A saga de Lula mostra que todos nós podemos, que todos nós somos capazes, que todos nós temos condições de transformar nosso país, que não existem cabeças privilegiadas que sabem mais e que podem mais, que o governo precisa ser de fato do povo, que o povo precisa se fazer representar não somente por direito legítimo, mas, de forma participativa em todas as instâncias de nossa sociedade. 

Foi isso que Lula disse naquele dia fatidico de sua prisão. É isso que ele representa e contra isso é que todos os conservadores, exploradores, escravagistas, retrógrados, violentos lutam. 

Nesse 1º de Maio é crucial que entendamos isso! A criminalização de Lula e de todos que militam pelo bem comum, por melhores condições de vida para o povo, pela democracia e pelo fim dos privilégios de classe no Brasil faz parte de um plano muito mais sórdido do que simplesmente aprisionar trabalhadores e trabalhadoras que lutam por um país melhor. É um plano para fazer crer ao povo de que seus sonhos podem ser aprisionados, de que eles não tem que participar de nada e de que a política é lugar somente de privilegiados, ricos e bem nascidos. 

A história mostra que esses mesmos de hoje já fizeram isso outras vezes com outras lideranças de nossa curta e triste história política de golpes. Instigaram a confusão, o ódio e o medo e provocaram o pior nas pessoas que foram enganadas da mesma forma que muitos vem sendo enganados hoje, com a mesma estratégia de sempre. E quem se deu mal como agora foram os trabalhadores e trabalhadoras.

Dessa vez estão usando o judiciário e a mídia. Todos ligados umbilicalmente à corrupção, sonegação, roubo de nossas riquezas e caixa 2 no Brasil e no exterior que eles mantém não é de hoje, usando suas falcatruas de todo sempre para culpar e criminalizar todos aqueles que lutam contra o que eles fazem.

Já basta disso! Não estamos mais no momento de nos omitir. Não podemos permitir que mais de 70% da população seja destituída de seus direitos. Temos que ter lado. É urgente a conscientização do maior número de pessoas possível. O povo pode tudo! O povo não pode ter medo! Somos muitos e queremos Lula livre e o povo livre de qualquer forma de subjugação. 

LULA LIVRE! DEMOCRACIA LIVRE! JUSTIÇA LIVRE! POVO LIVRE!